Buecher Wuermer

Veja grátis o arquivo Sistema Tegumentar Histo Veterinária enviado para a disciplina de Histologia Categoria: Outros – 6 – Stream sistema tegumentar – histologia.3gp by Ana Carolina from desktop or your mobile device. Analisou-se a histologia e a morfometria por meio do software Image. Tool. . O sistema tegumentar é formado pela epiderme e derme. A primeira é constituída.

Author: Kazisida Zologrel
Country: Comoros
Language: English (Spanish)
Genre: Automotive
Published (Last): 15 November 2010
Pages: 300
PDF File Size: 3.54 Mb
ePub File Size: 17.76 Mb
ISBN: 949-5-78208-452-4
Downloads: 42132
Price: Free* [*Free Regsitration Required]
Uploader: Vudokus

Sistemas Tegumentar e EsquelticoULembre-se de que normalmente nosso sistema esqueltico capaz de suportar pequenas quedas. Desta forma, neste livro trataremos os contedos das cincias morfofuncionais que lhe daro suporte para identificar, atravs de conhecimentos bsicos de Embriologia, Histologia, Anatomia e Fisiologia, as transformaes celulares que ocorrem durante a formao dos tecidos dos sistemas tegumentar e esqueltico, bem como a alterao do funcionamento normal destes.

Sistema Tegumentar by adna jessika pereira on Prezi

Lembre-se de retomar o contedo para resolver esta situao-problema. Development of the Integumentary System.

Proteger o osso, contribuir para sua nutrio, auxiliar na reparao de fraturas, possibilitar o crescimento sseo e servir de ponto de fixao de tendes e ligamentos so funes garantidas pelo s: Esta artria ser responsvel pela nutrio do processo. So de dois tipos: Journal of Experimental Zoology Mol. Para iniciar nosso estudo sobre o sistema esqueltico, vamos entender que o esqueleto no composto apenas de ossos, mas tambm de cartilagens e articulaes. Em outros casos, os fragmentos so sustentados por placas de metal inseridas atravs da pele e devem ficar nessa posio at unio da fratura, atravs de um dispositivo de fixao interna.

E as apcrinas, existentes principalmente nas axilas, regies genitais e ao redor dos mamilos. Esto presentes em maior quantidade e em maior tamanho na face, no couro cabeludo e na poro superior do tronco, sendo inexistentes nas palmas das mos e plantas dos ps. Estas membranas so o endsteo e o peristeo, sendo que o endsteo recobre internamente a cavidade medular do osso e possui clulas formadoras de osso; j o peristeo recobre o osso externamente e exerce importante papel para a manuteno da estrutura ssea, como proteo do osso, contribuio para a nutrio ssea, auxlio na reparao de fraturas, crescimento sseo, alm de servir de ponto de fixao de tendes e ligamentos.

  ALICE IN TARA MINUNILOR CARTE PDF

Neste caso h a reduo da elasticidade tecidual, perda de sensibilidade no local e trombose nos vasos cogulo sanguneo. A hipoderme, ou tambm conhecida como Tecido Subcutneo, possui espessura bastante varivel, conforme a constituio fsica de cada pessoa.

Histologia – Sistema Tegumentar

Normalmente recorre-se aplicao de uma ligadura de gesso, entretanto, quando se procede a uma trao para reduzir a fratura, este j permite a sua imobilizao, no sendo necessrio engessar. Conforme observado na Figura 1.

EpidermeSistemas Tegumentar e EsquelticoU Conheceu as principais funes deste sistema, a classificao dos ossos, bem como suas principais clulas.

Biologia da ferida e cicatrizao. Outras clulas encontradas no tecido sseo so os ostecitos e osteoclastos. Esta regio lesionada est em constante movimento e flexo. Comparative physiology and pathology of the skin.

Dilogo aberto Fique atento ao estudo histolgico das principais estruturas que compem os ossos e cartilagens. Voc consegue identificar uma fratura ssea exposta? Todo este conjunto assume a funo de proteger a integridade fsica e bioqumica do corpo. So alguns exemplos desta proteo: O tecido sseo esponjoso formado por pequenas estruturas chamadas trabculas, constitudas pelo alinhamento dos osteoblastos e as demais clulas j apresentadas.

A base para a formao ssea se d a partir de membranas de tecido conjuntivo fibroso ou por segmentos de cartilagem hialina. Cada fratura exigir a ateno do ortopedista para deciso do tipo de imobilizao, que dever atender as necessidade de cada caso. Dica- O que eu preciso conhecer para ser capaz de resolver esta situao-ReflitaSistemas Tegumentar e EsquelticoUproblema?

World Association of Veterinary Anatomists, Gent, Conhecer e ihstologia a morfofisiologia da pele e seus anexos, bem como sua origem e organizao macro e microscpica; Conhecer a Histologia da epiderme, derme, hipoderme e anexos da pele; Conhecer a origem e organizao geral, anatmica e histolgica das estruturas que compem o sistema esqueltico: Iremos desenvolver este novo conhecimento a partir da origem e organizao geral, anatmica e histolgica das estruturas que compem os ossos e articulaes.

  ANTIGONE JEAN ANOUILH TRANSLATED BARBARA BRAY PDF

Alm disto, a pele ainda responsvel por impedir a perda excessiva de gua; Exercer funes imunolgicas; Termorregulao; Absoro de radiao UV; Metabolizao da Vitamina D; Deteco de estmulos sensoriais, alm de conferir tehumentar papel esttico ao corpo. Alm disso, a hipoderme possui sistemma funes de manter a temperatura do seu corpo e acumular energia para o desempenho das funes histologa.

Interessado em sua leso, antes da cirurgia, o jovem solicita ao mdico que lhe explique sobre o tipo de fratura que sofreu, bem como quais outros tipos de fratura poderiam ter lhe ocorrido. Elas caracterizam-se por possurem um ducto curto, de epitlio estratificado pavimentoso, que desemboca no folculo histopogia.

As Clulas de Langerhans, por sua vez, so encontradas em pequena quantidade na epiderme, e distema responsveis por defender a pele de agentes microbianos que a invadem.

Sistemas Tegumentar e EsquelticoU Os tecidos que formam o ser humano derivam de trs camadas germinativas: Clulas epiteliais mais perifricas do origem s bainhas interna e externa. As terminaes nervosas encontram-se na derme, que seria acometida em uma leso mais profunda.

Esta etapa consiste na reduo da fratura, onde h a reconstituio da forma normal do osso atravs da unio e alinhamento dos segmentos deslocados.

Como se acumulam formando estas protuberncias? Tem como funo lubrificar as articulaes sinoviais, wistema que seu movimento seja suave e indolor. As unhas, os pelos e as glndulas sebceas.

Estas funes podero sofrer influncias mediante alguns fatores, e caso seja lesionada, o processo de cicatrizao e reparao celular poder ser afetado negativamente.

Os matcitos, por sua vez, so clulas mononucleares originadas na medula ssea.